A História Atras das Mascaras que os Asiáticos Usam

topsalebanner3

É normal encontrar pessoas usando máscaras no Japão, na Coreia, bem como na China. A razão pode ser em parte filosófica, considerando que os três países são muito influenciados pelo taoismo e pelos preceitos da Medicina Tradicional Chinesa, na qual a respiração é vista como o elemento central de boa saúde.

Cirurgiões usam máscaras para proteger os pacientes de seus germes transmitidos pela boca, e não o contrário. Mas utilidade profilática real das máscaras é secundária a outras razões e é por isso que elas estão susceptíveis de se tornarem mais comum no futuro, mesmo entre os não-asiáticos.

O costume de se usar máscaras começou na Ásia durante o século XX, quando uma pandemia maciça de gripe matou entre 20 e 40 milhões de pessoas em todo o mundo, mais do que morreram na Primeira Guerra Mundial. Cobrir o rosto com lenços, véus e com máscaras prevaleceu como forma de afastar a doença em muitas partes do mundo, até que a epidemia finalmente desapareceu no final de 1919.

schoolgirl

Assim as pessoas começaram a usar mascara com regularidade durante o inverno, principalmente, dada a obsessão com a cortesia social. Vítimas de gripe procuram evitar a transmissão de seus germes a outras, em vez de pessoas saudáveis procurando para prevenir o aparecimento da doença.

Adolescentes saudáveis usam máscaras juntamente com fones de ouvido para evitar de se comunicar com aqueles que os rodeiam. Isto é particularmente verdade para as mulheres jovens que procuram evitar o assédio no trânsito público, as quais também apreciam o relativo anonimato que as máscaras proporcionam.

A rápida industrialização após a Segunda Guerra Mundial levou à poluição do ar a um crescimento galopante, também o pólen aumentou seu florescimento devido ao aumento dos níveis ambientais de dióxido de carbono. Motivo pelo qual vestir máscara passou de afetação sazonal a hábito durante todo o ano. A despesa anual dos consumidores com mascaras chega a mais de US $ 230 milhões.

É claro que a poluição e as alterações climáticas, como as doenças pandêmicas, se tornaram um aspecto rotineiro em nossa realidade global. Acredito que, em breve, veremos mascaras em mais países fora da Ásia.

Hoje as máscaras são até mesmo um elemento de estilo com desenhos ou imagens de personagens licenciados que podem ser adquiridas em qualquer farmácia de esquina. Durante o “China Fashion Week”, o designer QIAODAN Yin Peng mostrou sua nova linha de alta costura, “Poluição Atmosférica”, com uma variedade de máscaras.

Quem sabe a moda pega?

rtr4bzk2.si

eca86ba0526e15ba9c9503

eca86ba0526e15ba9c955f

smog-mask-fashion-3

A model wearing a mask presents a creation at the QIAODAN Yin Peng Sports Wear Collection show during China Fashion Week in Beijing

Anúncios

13 de Novembro Dia do Vestibular (수 능 시 험) em Toda Corea…O Dia Mais Importante na Vida de um Jovem Coreano

A Jovem no começo do vídeo esqueceu sua entrada para o exame em casa e a polícia a leva até a porta da escola para ela não se atrasar…

O exame vestibular na Coreia é uma obsessão nacional. Aliás, o exame é tão importante que a nação Coreana inteira se une e toma parte em fornecer o melhor ambiente possível para os jovens vestibulandos. No ano passado os estudantes fizeram o exame com mais ou menos 10 horas de duração.

Tome nota: os exames serão realizados por toda a Coreia amanhã quinta-feira dia 13 de Novembro 2014.

O Ministério de Transportes Terrestres e Assuntos Marítimos proíbe pousos e decolagens de voos comerciais durante certos horários para garantir silêncio total durante as sessões de compreensão oral. A jornada de trabalho para toda a população começa com uma hora de atraso para evitar engarrafamentos que possam dificultar a chegada dos estudantes ao local do exame na hora certa. Os alunos que estudam nas áreas de exames folgam e essas escolas fecham para manter um ambiente tranquilo e em silêncio durante as provas. Outras escolas que ficam afastadas dessas áreas começam às 13:00 horas da tarde.

A agência nacional de polícia pede aos motoristas para não buzinar ao passar pelas escolas para não disturbar os estudantes em prova. Equipes de voluntários de unidades especiais da polícia nacional trabalha como gerente de tráfego para assegurar uma manhã tranquila. O corpo militar para missões de treinamento e o mercado de ações abre tarde e fecha cedo nesse dia.

A utilitária de energia nacional, Korea Electric Power Corp, aguarda 4.000 lugares para engenheiros de plantão para casos de emergências e ficam todos na retaguarda nesse dia para ter certeza absoluta de que os centros de teste tenham pelo menos um engenheiro para acompanhar cada linha elétrica para que nada dê errado possa ocorrer. Um engenheiro diz , “Seria constrangedor se os estudantes nos culpassem por falta de luz durante os testes.”

Um exagero, talvez, mas quando 80% dos jovens tem como objetivo melhorar não só sua condição de vida mas também ajudar o país a ser um lugar melhor para todos, a nação inteira respeita e ajuda na promoção. Que é incrível é, e talvez tenhamos muito a aprender com uma nação que se une com o objetivo para o bem e o futuro de sua juventude.

O Vestibular é realizado apenas uma vez por ano e é um momento decisivo na vida de muitos jovens. Para os alunos aprovados os exames determinam seu futuro perante a sociedade, colocando ênfase na formação educacional, futuras amizades, carreira profissional, padrão social, e a longo prazo pode determinar seu futuro parceiro de casamento.

Na Coreia o índice é o segundo mais alto entre os países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), aonde jovem estudantes são altamente qualificados na área de educação, compreensão em leitura e, também, o segundo maior em matemática e na área de ciências. Infelizmente, o país também tem a maior taxa de suicídios. A preocupação constante, tensão e estresse é tanta que muitos jovens tomam calmante para enfrentar o dia de prova.

Alunos que vão mal nos testes podem tentar novamente no próximo ano. Tenho vários amigos que trabalham dentro do sistema educacional na Coreia. Se acaso você tiver interesse em saber mais sobre esse assunto em sua organização, comunique-se comigo através desse blog ou por

e-mail – bomdiaseul@gmail.com.

Why all of South Korea Went Silent