Aplicativo no Celular Guia Turístico Pessoal

Aplicativo no celular guia turísticoDesde Janeiro de 2014 qualquer um pode fazer turismo pela Coreia, gratuitamente, usando o aplicativo de Guia Turístico para Smartphone ou Android.  O nome do aplicativo é “Smart Tour” e ele fornece explicações em áudio, atrações, episódios da história do país e aspectos culturais de vários destinos selecionados pelo usuário por toda Coreia.

 O usuários pode criar o seu próprio destino de viagem, com os bairros de:

–       Jongno e Bukchon em Seul,

–       Património Mundial da UNESCO, como Jongmyo, o Royal Santuário Ancestral,                    tumbas reais da dinastia Joseon (1392-1910),

–       Andong Hahoe Folk Village,

–       Museus nacionais localizados em Seul, Buyeo, Gimhae e Gyeongju,

–       Locais históricos do reino Baekje (18 BC- AD 660 ) e Silla (57 BC- AD 935).

Se o usuário ativar o recurso de GPS o  aplicativo também fornece informações sobre as atrações turísticas mais próximas.

Apesar de ser uma novidade o aplicativo já recebeu o grande prêmio da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (UNWTO).  Esse projeto foi uma colaboração entre a Organização de Turismo da Coreia (KTO) e o Ministério da Cultura, Esporte e Turismo (MCST). Atualmente está disponível em quatro idiomas: Coreano, Inglês, Mandarim e Japonês.  O prêmio já vem recebendo reconhecimento internacional  e a entidade KTO, que promove o turismo, vai estender o serviço e expandir a sua cooperação com os governos e organizações locais da Ásia, com a mesma finalidade.

Anúncios

Rua Temática em Seul Dedicada a Desenho Animado e História em Quadrinhos

Manhwa

Recentemente uma rua de 500 metros foi toda dedicada ao “Manhwa”, palavra coreana que significa desenho animado ou história em quadrinhos para os fãs e cidadãos da grande capital bem como turistas afcionados. A rua temática fica em Zaemiro, no bairro de Myeongdong, no centro de Seul e é toda pintada com personagens criados por cartunistas coreanos, com animações criadas por Manhwa desde 1970, permitindo uma visão completa da história coreana de Manhwa. Zaemiro está localizada em um pequeno beco espremido entre as saídas 2 e 3 da Estação Myeongdong, da linha de metrô no. 4.

 As pessoas poderão ver imagens de seus personagens favoritos em cada esquina e para quem gosta, uma visita ao museu de história em quadrinhos Manhwa é absolutamente necessária. O museu de três andares foi inaugurado em Dezembro de 2013, com uma amostra especial sobre desenhos animados e um histórico em quadrinhos de nove artistas, todos coreanos e todos em destaque nesse mundo de Manhwa.

Bibliotéca Manhwa

 A sala de leitura fica no piso superior, que tem o chão aquecido (estilo öndol) e é o local mais popular entre os visitantes. É onde tem uma ampla gama de revistinhas e onde qualquer um pode ficar horas observando a coleção: 56 mil itens, 48 mil revistas em quadrinhos e 8.000 vídeos de animação. A entrada no museu é franca e recebe cerca de 500 pessoas por semana, ressaltando que já esta na rota de turistas estrangeiros. Zaemirang abre as nove horas da manhã e fica aberto até as seis horas da tarde.

Museo Manhwa

 A partir desta semana, todos os Sábados, haverá presença de cartunistas convidados pelo museu, um de cada vez, para passar tempo com seus fãs. Na programação haverá concertos e oportunidades de tirar fotos com os grandes artistas de histórias em quadrinhos e performances ao vivo.

Recomenda-se também uma visita ao Centro de Animação de Seul (uma caminhada de 10 minutos a pé) onde há uma gama diversificada de estátuas e personagem da “Larva e Pororo”, os dois personagens mais populares. No Centro de Animação de Seul os visitantes podem desfrutar de seus desenhos animados favoritos na forma de exposições, performances, shows de mágica e muito mais.

Os criadores do projeto Zaemirang estão planejando para que Manhwa seja traduzido em vários idiomas estrangeiros para aumentar a comunicação com os fãs de histórias em quadrinhos, visando expandir o escopo de seus programas, para incluir mais dialogo com os fãs, sessões, aulas abertas de animação e explorar vários novos conceitos de exposições.

Praça e Parque Dongdaemun (Dongdaemun Design Plaza and Park)

Dongdaemun Design Plaza & Park

A cidade de Seul realizou um concurso de design internacional.  Os designers foram recomendados por vários especialistas e arquitetos mundialmente famosos e convidados a fazer um projeto único que colocasse a cidade em foco. A Praça e o Parque Dongdaemun irão servir como uma meca para a indústria global de design e um marco para a grande metropolis de Seul.

 Os 8 arquitetos selecionados e convidados pela comissão de seleção foram:

– coreanos : Jo Seong- Ryong , Choi Mun -gyu , Seung Hyo- Sang , Yu Geol
– estrangeiros: Zaha Hadid , Steven Municipal, FOA Londres , MVRDV

O projeto incluiu a recuperação de tesouros culturais cobrindo uma área de 83.000 ㎡ (incluindo uma praça cultural subterrânea).  “A Praça Dongdaemun  terá espaços de recreação, áreas culturais com salões para convenções, apresentações e eventos públicos, bem como áreas verdes, área de design de moda, área de treinamento, de informação, um centro de aprendizagem, arquivo digital, museu e laboratório de mídia, marketing, assim como outras facilidades visando promover a rica cultura coreana.

Além disso, o projeto promete restaurar (preservar) tesouros culturais que foram destruídos no governo japonês que construiu um estádio público (Dongdaemun Stadium) em 1926 no local de um antigo castelo. O propósito desse grande centro cultural será que todos possam conhecer a história de Seul na vida cotidiana.

Zaha Mohammad Hadid,

A vencedora do concurso foi a arquiteta Zaha Hadid Mohammad, iraquiana-britânica que recebeu o Prêmio Pritzker de Arquitetura em 2004.  A primeira mulher a fazê-lo, e o Prêmio Stirling em 2010 e 2011.

O novo centro “Praça e Parque Dondaemun” será inaugurado no dia 21 de março de 2014.  Parabéns Seul pelo lindo projeto.

2014 Feliz Ano do Cavalo “Azul”

ArticleNewYear2014-1

Esse ano novo lunar (설날 ou 구정) é o ano do “Cavalo Azul – do elemento madeira” e é comemorado a partir do dia 31 de Janeiro, 2014. Na Coreia o ano novo lunar é o feriado mais significativo do ano e é celebrado com toda família com duração de três dias. Geralmente é o dia quando toda família reuni na casa do filho mais velho para realizar rituais aos antepassados.  Comidas típicas são preparadas com vários tipos de alimentos, vinho, sopas, carne, peixe, três vegetais de cores diferentes, muitos tipos de frutas e bolinhos de arroz (songpyeon), particularmente comidas favorecida pelos falecidos.

 Cada ano é associado a um dos 12 animais do Zodíaco perante o calendário lunar; rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, cabra, macaco, galo, cão e porco – colocando certos significados sobre eles. Os astrólogos dizem que o ano do cavalo azul que somente vem uma vez a cada 60 anos será um ano bem dinâmico com muitas boas energia.

 Pessoas nascidas no ano do cavalo são pessoas consideradas pessoas de mente aberta, optimista e extrovertidas. Elas são bem-humoradas e atraente, e que quando elas têm um objetivo em mente, elas tendem a dedicar-se até realizá-lo sem mudar de rumo.

 Em homenagem ao ano do cavalo, muitos museus e galerias por toda Coreia estão hospedando exposições relacionadas a cavalos. Mostra de pinturas, fotografias e outros materiais explicando a crença popular coreana relacionado com cavalos e percepções tradicionais do animal perante sua cultura milenar.

www.museum.go.krwww.nfm.go.krwww.jeonjumuseum.orgwww.musenet.or.kr

Outros países que também comemoram o ano novo lunar com grande festas: China Mongolia, Tibet, Japão, Vietnam