Vocalista Coreana YeahWon Shin Nomeada Para a o Prêmio “Latin Grammy Award”

A vocalista Coreana de Jazz Yeah Won Shin foi nomeada para um Grammy na área de música latina por seu álbum que foi lançado nos EUA.  Ela é a primeira artista Coreana  à assinar com o ” Jazz label” ArtistShare nos EUA.  A premiaçãoLatin Grammy Awards foi criada em 2000 para gravações em Espanhol ou Português que são lançadas mundialmente.

YeahWon foi nomeada, juntamente com músicos brasileiros, tais como Gilberto Gil, Milton Nascimento,  Caetano Veloso, Ivete Sangalo, etc. “Eu estou sem acreditar por ter sido nomeada com esses grandes músicos que eu admirava por tanto tempo”, disse ela.

YeahWon teve sua estreia na Corea em 2001 com um álbum solo.  Ela desenvolveu um interesse em música Brasileira e em 2003 ela aprendeu a falar Português.  Em 2006 ela foi para os EUA para estudar e tornou-se vocalista de jazz após graduação da Universidade New School em Nova York  com honras em 2007.

Música é a sua vida.  Ela casou com o segundo filho do famoso condutor Chung Myung-Whun da Seoul Philharmonic Orchestra.  O seu marido Chung Sun é guitarrista de jazz e também produtor musical.  YeahWon atribui ao seu marido em ter encontrado um bom professor de Português para ela, como também em supervionar a produção de seu álbum.

Os resultados finais do “Grammy Latino” serão anunciados em Las Vegas em 10 de novembro. Aguadaremos…e parabéns YeahWon!

“…tiptoes in, with almost imperceptible delicate flutters, then soars to dizzying heights….
-JazzTimes, March 2011-

“Some joys in my life  happened without programming. One of those joys was to be introduced to Yeahwon Shin…”
-Egberto Gismonti, Legendary Musician-

“The album is simply lovely — from the song choices, to the graceful arrangements, production and absolutely luminous performances by everyone involved. It’s wonderful and all too rare to feel all those elements come together in balance to create such simplicity and beauty.”
 -Maria Schneider, Grammy Award Winning Composer-
Anúncios

“Daechu” (데추) Uma Especie de Tâmaras Coreana

Não se sabe bem a origem do tâmaras, Daechu (데추) Coreano,   devido ao seu cultivo extensivo nas áreas da Ásia, Líbano, Irã, Paquistão, norte da índia, Bangladesh , Nepal, sul e centro da China, sudeste da Europa e também na parte  norte da África.

A planta é uma árvore ou arbusto atingindo uma altura de 5~10 metros, geralmente com ramos espinhosos.  As folhas são verde-brillhante, ovado-agudas de 2~7cm de largura e 1~3cm de largura, com três veias visíveis na base, e uma margem finamente dentada. As flores são pequenas, de 5mm de largura com cinco pétalas verde amarelada.  A fruta é oval e geralmente entre 1.5~3 cm.  Quando ainda imatura a fruta é lisa, verde com a consistência e sabor de uma maçã.  Eventualmente a frutinha enruga, parecendo mais ou menos como tâmaras quando seco.

Na região das Himalaias se acredita que o cheiro doce da fruta Daechu deixa os jovens apaixonado.  Os homens jovens coloca a flor da planta em seus chapéus para atrair as moças.

Na cerimônia de casamento tradicional Coreana como também na do Chinês, o Deachu é  colocado no quarto dos noivos, como um amuleto de boa sorte para fertilidade e para “Ter um filho honrado em breve”.

A fruta é muito usada em medicina tradicional na China como também na Corea aonde se acredita que alivia o estresse.   Há muitos beneficios à saúde. Procure por ela pois agora é época e geralmente sua duração é bem curta ( Setembro – Outubro).  Experimente também o chá de Daechu (대추차),  que é uma delícia.

 

 

Inglês = Jujube

Chinês = Hóng zǎo ou Hēi zǎo

A Muralha de Seul

A muralha em Seul,  SeongGwak-Gil  extende apenas na parte norte da capital.  A muralha  começou a ser erguida por volta de 1396 pelo Rei Taejo com a função de conter e proteger a capital contra invasões externas durante a Dinastia Joseon.  A capital ficou abrigada durante anos entre as quatro montanhas principais:

  1. Mt. BugakSan – Norte
  2. Mt. InwangSan – Oeste
  3. Mt. NamSan – Sul
  4. Mt. NakSan – Leste

Livros históricos mostra que a muralha foi construída em 98 dias por 200,000 trabalhadores alistados.  Sua extensão era de 18.2 kilometros com a altura de 6 metros e feita por grandes blocos de pedras, barro e uma pasta de farinha e de arroz. Devido as várias invasões e guerras apenas 10 km da muralha original existe aonde várias restaurações em diversos trechos foram feitas.  Hoje varias partes da muralha é iluminada enfeitando a noite para o proveito de todos.

A cidade tem no total quatro portões e cinco portas de madeira mas apenas Namdeumun  (nome oficial Sungnyemun (숭례문 = portão para cerimonias de honra),  foi designada um tesouro nacional #1 em 1962 quando o governo da Corea inaugurou o estabelecimento de tesouros nacionais.

Originalmente havia quatro grande portas para cada um dos pontos cardeais com entradas menores entre elas, embora os portões do Oeste e Sudoeste foram destruídos ao longo do tempo.  As seções Norte da fortaleza talvez sejam as mais conhecidas.  Visite a muralha e veja a paisagem da cidade ao longo do caminho.  É mesmo muito lindo.

Fortaleza ChangUiMun ao longo da muralha em Mt. BuGakSan

Aeroporto Internacional de InCheon

Por seis anos consecutivos o Aeroporto Internacional de InCheon tem ganho o prêmio anual de qualidade de serviço do Cônsul de Aeroportos na categoria de aeroportos internacional (ACI – Airports Counsil International).  É a primeira vez que um aeroporto ganha o prêmio por tantos anos consecutivos.  Participantes de 1,700 aeroportos fizeram parte na pesquisa.  InCheon é o oitavo maior aeroporto do mundo em termos do número de passageiros.  Na área de cargo o aeroporto levou o segundo prêmio mundial.  Parabéns!

Veja a reportagem sobre o Aeroporto Internacional de InCheon pela CNN :

http://edition.cnn.com/video/#/video/business/2011/09/13/gateway-incheon-security.cnn

Trem Turístico Hallyu (Korean Wave)

Devido à demanda popular o Desenvolvimento de Turismo, uma subsidiária da KORAIL informa que o serviço de trem Korean Wave Express” extendeu o serviço até Março de 2012 para passeios disponíveis apenas durante Sabados e Domingos à várias atrações turísticas.  O trem vai entre Seul e Chuncheon e inclui passeios à  Namiseom Island, Mercado Pungmul, Museu Makguksu e à Casa de Literatura de Kim Yu-Jeong. No futuro passeios à Yanggu Demilitarized Zone (DMZ) e So Ji-Seop Gallery serão incluídos.

Os trens são decorados com imagens Coreanas culturais.  Entre paradas  haverá entretenimento como concertos de música tradicional.  Serviços de tradução será disponível para ajudar e ampliar sua experiência.  Promete ser um passeio ferroviário interesante.

Korean Wave Express
☞ Programação: Sábado e Domingo (uma vez por dia), 25 Dezembro 2010-Março 31, 2012
☞ Rota: Seul/Estação Sinsangbong (Station)-Estação Chuncheon (Station)
Itinerário :
– Chuncheon Tour: Namiseom – Mercado Pungumul – Museu Makguksu – Casa de Literatura de  Kim Yu-Jeong
– Hwacheon Trout Tour: Trout Hawcheon Festival estará disponível apenas durante o mês de Janeiro.
☞ Preço : 79,000 Korean Won (Inclui transporte de trem, duas refeições, transferência de ônibus, passeios de balsa, e seguro)
☞ Reserva: +82-2-362-7722 (Coreano, Inglês, Chinês), +82-2-2084-7728 (Coreano, Inglês, Japonês)
☞ Link:   http://www.korailtravel.com/( Inglês)

Para mais informação:
☞ 1330 ou : +82-33-1330 atendimento em Coreano, Inglês, Japonês, Chinês)

Makgeolli ou Makkoli

Makgeolli, também conhecido como Makkoli ou Korean Rice Wine, é uma bebida alcoólica tradicional Coreana feita de uma mistura que leva trigo e arroz.  Antigamente Makkoli era a bebida de preferência entre os agricultores que a chamava de nongju (농주 / 農酒), que significa “licor agricultor“.  Hoje é uma das bebidas predileta entre jovens. Tradicionalmente, Makkoli é  servido em uma grande tigela de madeira ou de cerâmica aonde as taças individuais são preenchidas usando uma concha.  Ao servir tem que misturar bem até que o Makkoli fique suave e homogéneo com a coloração branca ou as vezes um pouco amarelada.

O melhor acompanhamento para o Makkoli são as panquecas Coreana que se chama pajeon (파전) e bindaetteok (빈대떡).

Bindaettok

Hoje muita gente faz Makkoli em casa pela simplicidade dos ingredientes, aperfeiçoando a receita de acordo com sua preferência pessoal.

Makkoli é sempre usado durante os rituais memorial aos mortos, o Jesa.

Makkoli Moderno de Banana e Morango

Festival de Cinema Brasileiro

A Embaixada do Brasil esta organizando um festival de cinema Brasileiro no campus universitário da Seoul National University (SNU) que irá ocorrer na última semana de setembro. Cada filme será apresentado por um professor da SNU, com exceção do filme “Villa Lobos”, que será apresentado pela nossa amiga Leda Kim.

Festival de Cinema Brasileiro 2011 SNU

Festival de Cinema Brasileiro 2011 SNU

 

http://snuilas.snu.ac.kr/ver2010/bbs/board.php?bo_table=snu701&wr_id=131