Dia dos Namorados na Coreia, 14 de Fevereiro, 2015

Saranghae

Na Coreia, o Dia dos Namorados é comemorado todo dia 14, de todos os meses.  Isto tem um significado por tratar-se de uma ocasião de comemoração entre namorados.

No dia 14 de Fevereiro a namorada é quem dá presente ao namorado e geralmente é chocolate, feito por ela, para mostrar a ele que ele é único e especial como o chocolate feito por ela.

No mês de Março, no dia 14 é quando ele dá um presente a ela.  Geralmente chocolate branco e dependendo das finanças algo mais.  Segue a lista de comemorações observadas entre os namorados em Coreia:

  • 14 de Janeiro – presente de velas
  • 14 de Fevereiro – ela ➞ ele chocolate
  • 14 de Março – dia Branco (White Day) ele ➞ ela chocolate branco
  • 14 de Abril – dia Negro (Black Day) quando os solteiros comem JaJangMyon – 자장면 (um macarrão com molho escuro)
  • 14 de Maio – presente de rosas
  • 14 de Junho – dia do beijo
  • 14 de Julho  – presente de algo de prata
  • 14 de Agosto – dia de dar algo verde
  • 14 de Setembro – dia da música
  • 14 de Outubro – dia de presentear um belo vinho
  • 14 de Novembro – dia de assistir e ou presentear um filme
  • 14 de Dezembro – dia do abraço

Também muito popular é a comemoração de 100 dias de namoro.  Idéias de presentes para essa data varia muito, mas o tema de 100 permanece como algo muito especial.  Cada casal usa sua própria imaginação e criatividade de como celebrar. Segue uma lista de presentes mais adquiridos e mais comum entre jovens.

  • 100 rosas
  • 100 estrelinhas dobradas de papel (por ele e por ela)
  • 100 garças de papel (feitos por ele e também por ela)
  • os amigos dão moedas de 100 Won ao casal como brincadeira, pois nada se faz com 100 Won

A História Atras das Mascaras que os Asiáticos Usam

topsalebanner3

É normal encontrar pessoas usando máscaras no Japão, na Coreia, bem como na China. A razão pode ser em parte filosófica, considerando que os três países são muito influenciados pelo taoismo e pelos preceitos da Medicina Tradicional Chinesa, na qual a respiração é vista como o elemento central de boa saúde.

Cirurgiões usam máscaras para proteger os pacientes de seus germes transmitidos pela boca, e não o contrário. Mas utilidade profilática real das máscaras é secundária a outras razões e é por isso que elas estão susceptíveis de se tornarem mais comum no futuro, mesmo entre os não-asiáticos.

O costume de se usar máscaras começou na Ásia durante o século XX, quando uma pandemia maciça de gripe matou entre 20 e 40 milhões de pessoas em todo o mundo, mais do que morreram na Primeira Guerra Mundial. Cobrir o rosto com lenços, véus e com máscaras prevaleceu como forma de afastar a doença em muitas partes do mundo, até que a epidemia finalmente desapareceu no final de 1919.

schoolgirl

Assim as pessoas começaram a usar mascara com regularidade durante o inverno, principalmente, dada a obsessão com a cortesia social. Vítimas de gripe procuram evitar a transmissão de seus germes a outras, em vez de pessoas saudáveis procurando para prevenir o aparecimento da doença.

Adolescentes saudáveis usam máscaras juntamente com fones de ouvido para evitar de se comunicar com aqueles que os rodeiam. Isto é particularmente verdade para as mulheres jovens que procuram evitar o assédio no trânsito público, as quais também apreciam o relativo anonimato que as máscaras proporcionam.

A rápida industrialização após a Segunda Guerra Mundial levou à poluição do ar a um crescimento galopante, também o pólen aumentou seu florescimento devido ao aumento dos níveis ambientais de dióxido de carbono. Motivo pelo qual vestir máscara passou de afetação sazonal a hábito durante todo o ano. A despesa anual dos consumidores com mascaras chega a mais de US $ 230 milhões.

É claro que a poluição e as alterações climáticas, como as doenças pandêmicas, se tornaram um aspecto rotineiro em nossa realidade global. Acredito que, em breve, veremos mascaras em mais países fora da Ásia.

Hoje as máscaras são até mesmo um elemento de estilo com desenhos ou imagens de personagens licenciados que podem ser adquiridas em qualquer farmácia de esquina. Durante o “China Fashion Week”, o designer QIAODAN Yin Peng mostrou sua nova linha de alta costura, “Poluição Atmosférica”, com uma variedade de máscaras.

Quem sabe a moda pega?

rtr4bzk2.si

eca86ba0526e15ba9c9503

eca86ba0526e15ba9c955f

smog-mask-fashion-3

A model wearing a mask presents a creation at the QIAODAN Yin Peng Sports Wear Collection show during China Fashion Week in Beijing

13 de Novembro Dia do Vestibular (수 능 시 험) em Toda Corea…O Dia Mais Importante na Vida de um Jovem Coreano

A Jovem no começo do vídeo esqueceu sua entrada para o exame em casa e a polícia a leva até a porta da escola para ela não se atrasar…

O exame vestibular na Coreia é uma obsessão nacional. Aliás, o exame é tão importante que a nação Coreana inteira se une e toma parte em fornecer o melhor ambiente possível para os jovens vestibulandos. No ano passado os estudantes fizeram o exame com mais ou menos 10 horas de duração.

Tome nota: os exames serão realizados por toda a Coreia amanhã quinta-feira dia 13 de Novembro 2014.

O Ministério de Transportes Terrestres e Assuntos Marítimos proíbe pousos e decolagens de voos comerciais durante certos horários para garantir silêncio total durante as sessões de compreensão oral. A jornada de trabalho para toda a população começa com uma hora de atraso para evitar engarrafamentos que possam dificultar a chegada dos estudantes ao local do exame na hora certa. Os alunos que estudam nas áreas de exames folgam e essas escolas fecham para manter um ambiente tranquilo e em silêncio durante as provas. Outras escolas que ficam afastadas dessas áreas começam às 13:00 horas da tarde.

A agência nacional de polícia pede aos motoristas para não buzinar ao passar pelas escolas para não disturbar os estudantes em prova. Equipes de voluntários de unidades especiais da polícia nacional trabalha como gerente de tráfego para assegurar uma manhã tranquila. O corpo militar para missões de treinamento e o mercado de ações abre tarde e fecha cedo nesse dia.

A utilitária de energia nacional, Korea Electric Power Corp, aguarda 4.000 lugares para engenheiros de plantão para casos de emergências e ficam todos na retaguarda nesse dia para ter certeza absoluta de que os centros de teste tenham pelo menos um engenheiro para acompanhar cada linha elétrica para que nada dê errado possa ocorrer. Um engenheiro diz , “Seria constrangedor se os estudantes nos culpassem por falta de luz durante os testes.”

Um exagero, talvez, mas quando 80% dos jovens tem como objetivo melhorar não só sua condição de vida mas também ajudar o país a ser um lugar melhor para todos, a nação inteira respeita e ajuda na promoção. Que é incrível é, e talvez tenhamos muito a aprender com uma nação que se une com o objetivo para o bem e o futuro de sua juventude.

O Vestibular é realizado apenas uma vez por ano e é um momento decisivo na vida de muitos jovens. Para os alunos aprovados os exames determinam seu futuro perante a sociedade, colocando ênfase na formação educacional, futuras amizades, carreira profissional, padrão social, e a longo prazo pode determinar seu futuro parceiro de casamento.

Na Coreia o índice é o segundo mais alto entre os países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), aonde jovem estudantes são altamente qualificados na área de educação, compreensão em leitura e, também, o segundo maior em matemática e na área de ciências. Infelizmente, o país também tem a maior taxa de suicídios. A preocupação constante, tensão e estresse é tanta que muitos jovens tomam calmante para enfrentar o dia de prova.

Alunos que vão mal nos testes podem tentar novamente no próximo ano. Tenho vários amigos que trabalham dentro do sistema educacional na Coreia. Se acaso você tiver interesse em saber mais sobre esse assunto em sua organização, comunique-se comigo através desse blog ou por

e-mail – bomdiaseul@gmail.com.

Why all of South Korea Went Silent

 

Aplicativo no Celular Guia Turístico Pessoal

Aplicativo no celular guia turísticoDesde Janeiro de 2014 qualquer um pode fazer turismo pela Coreia, gratuitamente, usando o aplicativo de Guia Turístico para Smartphone ou Android.  O nome do aplicativo é “Smart Tour” e ele fornece explicações em áudio, atrações, episódios da história do país e aspectos culturais de vários destinos selecionados pelo usuário por toda Coreia.

 O usuários pode criar o seu próprio destino de viagem, com os bairros de:

–       Jongno e Bukchon em Seul,

–       Património Mundial da UNESCO, como Jongmyo, o Royal Santuário Ancestral,                    tumbas reais da dinastia Joseon (1392-1910),

–       Andong Hahoe Folk Village,

–       Museus nacionais localizados em Seul, Buyeo, Gimhae e Gyeongju,

–       Locais históricos do reino Baekje (18 BC- AD 660 ) e Silla (57 BC- AD 935).

Se o usuário ativar o recurso de GPS o  aplicativo também fornece informações sobre as atrações turísticas mais próximas.

Apesar de ser uma novidade o aplicativo já recebeu o grande prêmio da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (UNWTO).  Esse projeto foi uma colaboração entre a Organização de Turismo da Coreia (KTO) e o Ministério da Cultura, Esporte e Turismo (MCST). Atualmente está disponível em quatro idiomas: Coreano, Inglês, Mandarim e Japonês.  O prêmio já vem recebendo reconhecimento internacional  e a entidade KTO, que promove o turismo, vai estender o serviço e expandir a sua cooperação com os governos e organizações locais da Ásia, com a mesma finalidade.

Rua Temática em Seul Dedicada a Desenho Animado e História em Quadrinhos

Manhwa

Recentemente uma rua de 500 metros foi toda dedicada ao “Manhwa”, palavra coreana que significa desenho animado ou história em quadrinhos para os fãs e cidadãos da grande capital bem como turistas afcionados. A rua temática fica em Zaemiro, no bairro de Myeongdong, no centro de Seul e é toda pintada com personagens criados por cartunistas coreanos, com animações criadas por Manhwa desde 1970, permitindo uma visão completa da história coreana de Manhwa. Zaemiro está localizada em um pequeno beco espremido entre as saídas 2 e 3 da Estação Myeongdong, da linha de metrô no. 4.

 As pessoas poderão ver imagens de seus personagens favoritos em cada esquina e para quem gosta, uma visita ao museu de história em quadrinhos Manhwa é absolutamente necessária. O museu de três andares foi inaugurado em Dezembro de 2013, com uma amostra especial sobre desenhos animados e um histórico em quadrinhos de nove artistas, todos coreanos e todos em destaque nesse mundo de Manhwa.

Bibliotéca Manhwa

 A sala de leitura fica no piso superior, que tem o chão aquecido (estilo öndol) e é o local mais popular entre os visitantes. É onde tem uma ampla gama de revistinhas e onde qualquer um pode ficar horas observando a coleção: 56 mil itens, 48 mil revistas em quadrinhos e 8.000 vídeos de animação. A entrada no museu é franca e recebe cerca de 500 pessoas por semana, ressaltando que já esta na rota de turistas estrangeiros. Zaemirang abre as nove horas da manhã e fica aberto até as seis horas da tarde.

Museo Manhwa

 A partir desta semana, todos os Sábados, haverá presença de cartunistas convidados pelo museu, um de cada vez, para passar tempo com seus fãs. Na programação haverá concertos e oportunidades de tirar fotos com os grandes artistas de histórias em quadrinhos e performances ao vivo.

Recomenda-se também uma visita ao Centro de Animação de Seul (uma caminhada de 10 minutos a pé) onde há uma gama diversificada de estátuas e personagem da “Larva e Pororo”, os dois personagens mais populares. No Centro de Animação de Seul os visitantes podem desfrutar de seus desenhos animados favoritos na forma de exposições, performances, shows de mágica e muito mais.

Os criadores do projeto Zaemirang estão planejando para que Manhwa seja traduzido em vários idiomas estrangeiros para aumentar a comunicação com os fãs de histórias em quadrinhos, visando expandir o escopo de seus programas, para incluir mais dialogo com os fãs, sessões, aulas abertas de animação e explorar vários novos conceitos de exposições.

Praça e Parque Dongdaemun (Dongdaemun Design Plaza and Park)

Dongdaemun Design Plaza & Park

A cidade de Seul realizou um concurso de design internacional.  Os designers foram recomendados por vários especialistas e arquitetos mundialmente famosos e convidados a fazer um projeto único que colocasse a cidade em foco. A Praça e o Parque Dongdaemun irão servir como uma meca para a indústria global de design e um marco para a grande metropolis de Seul.

 Os 8 arquitetos selecionados e convidados pela comissão de seleção foram:

– coreanos : Jo Seong- Ryong , Choi Mun -gyu , Seung Hyo- Sang , Yu Geol
– estrangeiros: Zaha Hadid , Steven Municipal, FOA Londres , MVRDV

O projeto incluiu a recuperação de tesouros culturais cobrindo uma área de 83.000 ㎡ (incluindo uma praça cultural subterrânea).  “A Praça Dongdaemun  terá espaços de recreação, áreas culturais com salões para convenções, apresentações e eventos públicos, bem como áreas verdes, área de design de moda, área de treinamento, de informação, um centro de aprendizagem, arquivo digital, museu e laboratório de mídia, marketing, assim como outras facilidades visando promover a rica cultura coreana.

Além disso, o projeto promete restaurar (preservar) tesouros culturais que foram destruídos no governo japonês que construiu um estádio público (Dongdaemun Stadium) em 1926 no local de um antigo castelo. O propósito desse grande centro cultural será que todos possam conhecer a história de Seul na vida cotidiana.

Zaha Mohammad Hadid,

A vencedora do concurso foi a arquiteta Zaha Hadid Mohammad, iraquiana-britânica que recebeu o Prêmio Pritzker de Arquitetura em 2004.  A primeira mulher a fazê-lo, e o Prêmio Stirling em 2010 e 2011.

O novo centro “Praça e Parque Dondaemun” será inaugurado no dia 21 de março de 2014.  Parabéns Seul pelo lindo projeto.

2014 Feliz Ano do Cavalo “Azul”

ArticleNewYear2014-1

Esse ano novo lunar (설날 ou 구정) é o ano do “Cavalo Azul – do elemento madeira” e é comemorado a partir do dia 31 de Janeiro, 2014. Na Coreia o ano novo lunar é o feriado mais significativo do ano e é celebrado com toda família com duração de três dias. Geralmente é o dia quando toda família reuni na casa do filho mais velho para realizar rituais aos antepassados.  Comidas típicas são preparadas com vários tipos de alimentos, vinho, sopas, carne, peixe, três vegetais de cores diferentes, muitos tipos de frutas e bolinhos de arroz (songpyeon), particularmente comidas favorecida pelos falecidos.

 Cada ano é associado a um dos 12 animais do Zodíaco perante o calendário lunar; rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, cabra, macaco, galo, cão e porco – colocando certos significados sobre eles. Os astrólogos dizem que o ano do cavalo azul que somente vem uma vez a cada 60 anos será um ano bem dinâmico com muitas boas energia.

 Pessoas nascidas no ano do cavalo são pessoas consideradas pessoas de mente aberta, optimista e extrovertidas. Elas são bem-humoradas e atraente, e que quando elas têm um objetivo em mente, elas tendem a dedicar-se até realizá-lo sem mudar de rumo.

 Em homenagem ao ano do cavalo, muitos museus e galerias por toda Coreia estão hospedando exposições relacionadas a cavalos. Mostra de pinturas, fotografias e outros materiais explicando a crença popular coreana relacionado com cavalos e percepções tradicionais do animal perante sua cultura milenar.

www.museum.go.krwww.nfm.go.krwww.jeonjumuseum.orgwww.musenet.or.kr

Outros países que também comemoram o ano novo lunar com grande festas: China Mongolia, Tibet, Japão, Vietnam